• Direito Inovador

Litigando contra uma Rede Social

Alguém publicou uma fake news sobre você em uma rede social.


Inventaram que você roubou dinheiro, ou que tem uma amante.


Claramente uma mentira deslavada!


Quem te conhece sabe que você jamais faria isso!


Mas nem todo mundo te conhece…


E milhões de pessoas acessam as redes sociais todos os dias…


É necessário agir rapidamente para conter o dano à sua imagem que pode ser causado pela mentira.


Você decide então litigar contra a rede social.


Pedindo que ela retire imediatamente do ar a fake news, e que te indenize pelos danos morais sofridos.


Parece razoável, não?


Você faria a mesma coisa se a fake news fosse publicada no site de um jornal.


Só que...não.


A rede social é diferente de um jornal.


O jornal é responsável pela sua linha editorial e pelos conteúdos publicados.


A rede social não.


Ela é um provedor de aplicação.


O que significa que o responsável pelo conteúdo não é a empresa dona da rede social, mas o usuário que fez a publicação.


Isso está explicado nos termos de uso da ferramenta…


Eu sei que você não leu os termos de uso.


Ninguém lê.


Mas nós lemos.


E sabemos como a internet funciona.


A rede social pode sim indisponibilizar o conteúdo com a fake news, mas nenhum juiz irá a condenar a te indenizar.


Cuidado com a sucumbência....


O papel da rede social neste caso é apenas indisponibilizar o conteúdo.


E te ajudar a identificar o usuário responsável pela publicação...


Responsabilizar a rede social pelo conteúdo é um erro muito comum…


Uma estratégia que somente te fará perder tempo.


E dinheiro…


Cuidado com a sucumbência!


Para atuar no mundo digital é preciso entender como ele funciona.


Saber claramente qual a responsabilidade de cada ator em cada situação.


Sem esta clareza, não se obtém o resultado esperado.


E ainda pode ter uma surpresa desagradável no final…


#CuidadoComASucumbência


Mas, você não precisa correr esse risco desnecessário.


Muita gente já estudou como a internet funciona.


Estudou o Marco Civil da Internet do Brasil.


Leu os termos de uso das redes sociais.


Nós fizemos isso.


E queremos te ensinar o que aprendemos.


Não deixe para depois entender como funciona o Direito Digital.


O Direito Digital não é o futuro.


É o presente!


Ainda mais com o isolamento social…


Ações contra redes sociais se multiplicam a cada dia…


E muitos advogados não sabem com o que estão lidando.


E ficarão para trás.


Você não quer ser um desses.


Você não quer ficar para trás.


Faça parte do seleto grupo que está preparado para atuar no novo normal do mundo, cada vez mais digital. Clique agora no link abaixo para se inscrever no curso "Manual completo para retirada de conteúdos da Internet".

Manual Completo para Retirada de Fake News e Conteúdo Ilegal da Internet

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

ADC concursos LTDA | CNPJ: 07.603.209/0001-99